Panamericano de IPSC 2015 – Cuiaba/MT

Panamericano de IPSC 2015 – Cuiaba/MT

O Pan deste ano foi realizado no Clube Pantanal, na cidade de Cuiabá/MT. Contamos com a participação de 15 países e apenas 300 atletas. A organização da prova foi impecável. O horário foi respeitado e todos trabalharam firme debaixo de um calor de 40ºC.

A prova estava mais travada do que aberta. Tivemos aproximadamente  3 pistas rápidas, sendo todas as outras com alvos tarjados, no shoots, plates distantes e uma pista de mão fraca muito difícil. Nessa pista tinham poppers, plates e 2 móveis distantes, sendo que 70% da turma da Standard, 78% da Production, 37% da Open, 88% da Classic e 100% do Revolver fizeram um hit factor abaixo de “1” e aproximadamente 50% desta turma zeraram a pista. Na minha visão essa pista foi complexa demais e talvez desnecessária.  Outra pista problemática foi a do bonde de número 7 – ninguém atirou nos 2 alvos em movimento a mais de 20m com no shoot central. Lógico que todos optaram em atirar nos alvos parados e parcialmente cobertos. Achei também, que faltaram pistas com mais opções de estratégia. A maioria só tinha uma ou duas forma de resolver, saindo na esquerda ou saindo na direita. Entretanto, isso não tirou o brilho da competição, que diante do nível técnico (precisão) foi digna de uma prova internacional nível IV.

Meu desempenho não foi dos melhores. Em alguns momentos me senti completamente desligado da prova, outros estava “pilhado” demais e isso me custou caro no primeiro dia de prova. Talvez os 4 dias debaixo de sol ministrando curso na cidade vizinha em Rondonópolis na véspera do Pan, tenham me causado um cansaço extra. Finalizei o dia em segundo lugar com 4 pontos atras do Alvaro Neto da Bahia. Já no segundo dia, cometi pequenos erros e continuei desligado, porém atirei melhor e retomei a ponta sem nenhuma penalidade. Finalizei o dia com 70
pontos na frente do argentino Patricio Roitman (Pato), resultado que me deixou bem confortável para o útimo dia de prova. Das 6 pistas restantes, fiz as 3 primeiras muito bem abrindo uma boa margem e as 3 últimas, infelizmente, fazendo uma penalidade por pista. Consegui finalizar o campeonato em primeiro lugar com 77 pontos na frente que representou 5% do total de pontos disputados. Ti Campeão Panamericano!

Depois de quase 5 anos disparando de Standard, resolvi dar uma pausa. Este Pan foi a minha despedida dessa divisão que me fez aprender muito. Nestes 4 anos e 11 meses participei de aproximadamente 80 provas e perdi apenas 6 (5 internacionais e 1 no Brasil). Não consegui meu objetivo principal de ganhar o mundial do ano passado, mas em compensação ganhei uma bagagem gigantesca. Hoje, sou um atirador muito mais completo do que há 5 anos atrás. De agora em diante vou buscar novas motivações na Production e voltar às minhas origens na Open. Mas pra ser sincero, vou mesmo em busca da diversão! Isso é o que importa daqui pra frente.

Parabenizo a todos da organização deste evento e a família Molina pela generosidade e hospitalidade. Agradeço meus patrocinadores: Tanfoglio, Lyon Bullets, GR Company e Ruag/Geco. Agradeço a todos que estão sempre na torcida me incentivando e é claro a minha esposa Tati que sempre me apoia, mesmo tendo que ficar sozinha por muitos dias do ano devido as incansáveis viagens de cursos e competições.

Vídeo exibido no Globo Esporte regional Mato Grosso no dia 11/08/2015 após o evento:
http://globoesporte.globo.com/mt/videos/t/globo-esporte-mt/v/cuiaba-sediou-pan-americano-de-tiro-pratico/4385637/

Overall Pan STD 2015

banner_tanfo_brasil
Apoios


Comentários